• (31) 98875-7106
  • contato@cristianamenezes.com.br

A História de uma Folha

A partir da obra de Leo Buscaglia “A História de uma Folha”, dançamos a vida de uma Folha durante a passagem das estações, numa poética e comovente alegoria ilustrando o ciclo da nossa existência e o delicado equilíbrio entre a vida e a morte.

Suíte circular composta por 15 danças da autoria de Cristiana Menezes:
Primavera | Valsa dos Sonhos | Manhã de Sol | Verão | Uma tarde no Parque | Clara | Daniel | Dia de Festa | Carpe Diem | Outono | Tempus Fugit | Despedida | Inverno | Invisível Cordão | Sóis

Para participar é necessária experiência anterior em dança circular.


04 a 07 de julho 2018

UMA EXPERIÊNCIA POÉTICA, PROFUNDA, COMOVENTE E TRANSFORMADORA.
Quatro dias de dança, poesia e natureza no Casa de Hóspedes Patrimônio do Matutu, em um majestoso vale situado aos pés da Serra do Papagaio, na cidade de Aiuruoca, no sul de Minas Gerais. Um local de rara beleza que abriga belíssimas forças naturais que inspiram a alma e renovam o corpo.

As atividades se iniciam no dia 04 de julho às 16h00 e terminam no dia 07 de julho às 13h00.

Em breve informações sobre valores e procedimentos de inscrição.


COMENTÁRIOS DE QUEM JÁ VIVENCIOU “A HISTÓRIA DE UMA FOLHA”

“A História de uma Folha é um trabalho infinitamente polissêmico, passível de muitos sentidos e compreensões e é exatamente isso que o faz tão preciso na história de cada um e tão grandioso como obra de arte.”

“Um mergulho no sensível, no mistério, no imponderável…”   |  “Uma epifania das quatro estações.”

“Um presente! Divino! Poético!”  |  “Simples e profundo!”  |  “Sensível, amoroso, encantador, comovente.”

“Dançar a suíte inteira foi uma experiência maravilhosa, indescritível, inesquecível…”

“Dentre as muitas oficinas e cursos de danças circulares sagradas que já participei, nunca algo me tocou tanto, fiquei maravilhado. E seguindo a trajetória da folha, fizemos uma releitura de nossa própria vida e em cada dança, em cada texto e nos pequenos gestos,  percebemos que a beleza da vida está na poética das coisas comuns, na natureza, nos amigos, em nossa família e principalmente, em nós mesmos.”

“A possibilidade de vivenciar e revisitar mágoas de perdas antigas e resignificá-las.”

“Sinto mudanças no meu coração, na forma de ver a vida, e o mais incrível, na mensagem que fica… o aprendizado dolorido, porém delicado e poético de que é através da “morte” que abrimos os braços para um entendimento maior da própria Vida!”

“Dançar esta história foi como sintetizar em 70 minutos o processo de amadurecimento e não só a morte mas, de forma bela, o renascimento.”

“O que mais me marcou foi a sensação da beleza, do quanto a arte pode tocar o coração falando de coisas difíceis de uma forma leve, como é o caso da morte, da saudade, da perda…”

Assista abaixo a um registro da estreia da suíte circular “A História de uma Folha” em 2008.

(31) 98875-7106

contato@cristianamenezes.com.br